domingo, 12 de abril de 2009

O espírito imortal

Dizem os espíritas ser o momento mais belo de nossa vida o desenlace de nosso espírito a nosso corpo. Creio neles. Afinal, sei que aqui vivo, no estupor do fascinar-me por algo, nada mais vejo, ouço ou sinto. Porque seria diferente se apenas minha alma uma hora resolvesse encarar e compreender, de vez, a beleza da natureza morta. Afinal, se de lá ele, o espírito do corpo morto, aqui nos ver os amigos, amados e queridos, todos eles, e juntos chorando a própria morte... é algo prá lá de encantador. Comovente. Desesperador. Desesperador imagino eu. Mas também belo, afinal para isso nascemos, para deixarmos aqui atrás de nós um rastro de dor... e é, ninguém pode negar, de amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem moderação torno-me responsável pelo que você diz, por isso, caso comente, publicarei depois de lido. Obrigado por compreender.