sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Ser e saber

Tudo o que pode ser isolado de um conjunto é chamado de 'ser'.
Dessa maneira, um átomo é um ser cercado por seres girando à sua volta, os elétrons.
O saber não é um ser, nem o amor, nem mesmo o calor, ainda que possamos dizer que o calor existe, como também o amor e a sabedoria.
Eles não se permitem separar em individualidades e portanto não podem ser chamados de ser.
Há dois tipos de seres e os podemos dividir facilmente, os que pensam e os que não pensam.
Uma pedra é um ser e não pensa, assumamos de vez essa realidade.
Logo podemos concluir que o ser que pensa não se quebra, ele nasce.
A pedra não nasce, ela se forma... se deforma, se quebra, vira pó, e cada grão do pó será um indivíduo 'ser' e único quanto qualquer outro.
Os seres são únicos, não é onde queria chegar mas talvez tivesse me saído melhor se tivesse começado por aí.
O ponto é:
Eu não sou um ser sem todos os demais seres à minha volta, e assim como mesmo o átomo, e com elétrons à minha volta (vivos e parentes) e essa informação me é novidadeira, pois que consigo com ela me enxergar como talvez se visse Jesus, Ele inconformado num mundo onde todos os seres humanos filhos de Deus e Seus irmãos não conseguiam acreditar no que Ele dizia ver.
Sendo eu tão único quanto Jesus, Moisés, Noé, Adão e até mesmo Eva, ou José, Antonio ou Maria, de Deus nada posso afirmar, mas dessas pessoas... tenho absoluta certeza que não sou em absolutamente nada diferente em individualidade.
Cada indivíduo é um.
A Bíblia, para ser coerente, deveria trazer nela os nomes e histórias de cada um dos seres humanos nascido no planeta...
O Livro de registro dos filhos de Deus é a mais absoluta prova da evidência da serventia e propósito de cada um deles às suas passagens por aqui no Paraíso.
Deus expulsou Adão e Eva.
Nada se sabe de Caim, exceto que matou Abel.
O ser que pensa... voltando lá ao ponto inicial depois dessas considerações que considero relevantes... bom...
O ser que pensa é um ser vivo.
O ser vivo é apenas o ser que nasce.
Todo ser vivo pensa?
Eu imagino que sim, que a vida é pensante porque só pensando se consegue evoluir.
Evidentemente que raciocinar é mais que pensar e calcular também é melhor que tentar advinhar os resultados e sabemos, clara e indubitavelmente, que nenhum outro ser vivo na face da Terra (ou no Universo, já que lá fora só o que existe mesmo é imaginação) é capaz de calcular antecipadamente o seu futuro.
E nós podemos, facilmente, afirmarmos que daqui a 12 horas estaremos em Paris.
Pode até ser que algo ocorra e acabemos errando essa específica previsão, mas com certeza milhões de pessoas no mundo usam essa maneira de se antecipar ao futuro indo diretamente de encontro a ele em outro distante lugar.
Claro que não é um futuro distante, mas um futuro próximo nos é possível sim prevermos com esmero e sofisticação.
Podemos planejar um prato antes de servir, um cheiro e uma luz a um ambiente, podemos colocar música de fundo que irrite ou que aconchegue a quem quer que venha nos visitar e isso é evidentemente uma prova, uma demonstração, viva e clara, de que o futuro nosso somos nós mesmos quem planejamos e executamos, além de vivermos.
Eu, ao menino de 13, não tinha a menor idéia desse futuro imenso que já vivi.
Para mim é passado, tenho 56, mas para o menino é todo o seu futuro, e ainda em mim continuado.
Eu não sou o menino.
Nenhuma célula de meu corpo hoje pertenceu ao menino.
Meu espírito é o espírito do menino, porém mais sábio, mais precavido, mais cheio de certezas e consciências de tantos erros e deslizes.
Que sei eu de minhas células?
Que vieram todas das células do menino?
Ora... uma delas veio apenas das células da nossa mãe e outra apenas das células do nosso pai e com esse último ainda convivo e como ele sou ... digno de chamar-me igual a ele.
O que temos em comum?
Somos ambos frutos de amor de uma mulher por um homem?
Não somos, e sabemos, uma célula que infla.
Somos a força que a faz inflar e que a mantém inflada e dá-lhe mobilidade, além de sentimentos, sensações e desejos.
Desejos também são sensações, como visões, audições, picadas ou acaricios, como sabores, ou gostos e são igualmente individuais, portanto um sentimento também pode ser chamado de ser, já que existe e é individualmente separável.
O sentimento que une ao povo é um sentimento comum ao povo, mas cada pessoa no meio do povo o sente de uma maneira, e em um corpo, diferente.
Somos, nós isoladamente, os filhos frutos da divindade e não temos coragem de assumir à Divindade que somos assim tão belos.
A falta do saber dessa Verdade como um Saber, e popular, nos impede de reconhecermos nossos verdadeiros 'eus' dentro de nós.
O pensamento que me flui à mente não nasceu dentro de uma célula e somente.
O pensamento que me vem à mente surge da interação dos sensores diversos do meu corpo com os obstáculos todos ao meu corpo externos.
Minha idéia é mostrar a você que você é único e tão único quanto Deus.
À exata imagem e semelhança. Forma e apenas não ... dimensão. Por essa razão você é, sem saber, filho ou filha d'Ele.
Bom... reflita sobre isso e verá que Adão foi expulso do Paraíso.
Que Moisés recebeu ordens através de raios numa montanha.
Noé recebeu ordens e instruções para construir o seu barco.
Jesus ...
Ah... sabe qual a única maneira de impedir um homem como Jesus de louvar, unindo agradecidamente as mãos, a Deus e em joelhos? Pregando-O, com pregos!, à uma cruz e quebrando-Lhe os joelhos.
Jesus recebeu a incumbência de deixar provado, a um homem que O compreendesse, porque foram 12 homens, e entre eles nenhuma mulher, os Seus Apóstolos.
Porque são necessários 12 eras de homens - distintos! - para que uma mulher possa produzir um óvulo capaz de ser fecundado.
E ... se Ele falasse disso ao Seu tempo... ninguém entenderia porque não sabiam que os espermatozóides eram tão em maior número que os óvulos.
...
Relendo... penso que hoje ainda os homens ... apenas com muita dificuldade... compreenderão porque Deus é do sexo masculino, e criou Adão antes de Eva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem moderação torno-me responsável pelo que você diz, por isso, caso comente, publicarei depois de lido. Obrigado por compreender.